Os equinos, embora aparentam ser animais fortes e imponentes, também estão sujeitos a sofrerem imprevistos que podem trazer riscos a vida e a integridade dos mesmos. Acidentes como quedas, fraturas, cortes, picadas de cobra, crises por conta de cólicas, ataques cardíacos, são apenas alguns exemplos de situações que podem ocorrer.

Diante disso, é muito importante que o proprietário ou o cuidador do animal saiba tomar algumas medidas imediatas, também chamadas de primeiros socorros, e que podem colaborar para que a situação não se agrave até a chegada do médico veterinário. Isso, obviamente, com algum conhecimento mínimo e jamais pelo improviso.

A prevenção, nestes casos, é a melhor maneira de evitar maiores problemas. Neste sentido existem muitas medidas podem fazer a diferença, sendo que a lista não se esgota neste artigo.

Vale ainda investir em manejo alimentar adequado, já que grande partes das crises de cólica ocorrem por conta deste quesito, muitas vezes negligenciado. É necessário ainda verificar sempre a qualidade da água.

A ferragem inadequada é um dos fatores causadores do mau desempenho, dores no sistema locomotor e até mesmo claudicação nos animais, e que podem resultar em sérias lesões. Necessário ainda efetuar o controle parasitário, vacinação em dia, avaliações esporádicas com médicos veterinários (check-up), além das condições das instalações em que o animal passa boa parte do tempo.