A realização de provas do Laço Comprido impulsiona o avanço da criação de cavalos Quarto de Milha em Mato Grosso do Sul. Com 30,5 mil animais registrados no Stud BooK, departamento especializado no reconhecimento e emissão de certificados de registros da raça, o Estado já responde pelo quarto maior plantel do País, de acordo com a ABQM (Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha).

Conforme o levantamento, na liderança do ranking, estão São Paulo (235 mil), Paraná (47 mil) e Minas Gerais (35 mil). “Deixamos de ser compradores de genética e passamos a ser fornecedores de destacados exemplares para outras regiões”, destaca Melchiades de Albuquerque, representante do MSQM (Núcleo Sul-Mato-Grossense de Criadores de Cavalo Quarto de Milha). A estimativa é que só este ano sejam comercializados mais de 650 animais no Estado.

De acordo com o presidente da ABQM, Fábio Pinto da Costa, as provas de Laço Comprido, esporte com maior tradição nas regiões Centro-Oeste e Sul do país, são responsáveis pela valorização, crescimento da raça e aquecimento do setor no MS, que já sedia mais de 60 provas da modalidade. “O Potro do Futuro e Campeonato Nacional de Laço Comprido da ABQM são grandes vitrines para a raça no Estado”, completa o presidente da associação.

Evento – Neste ano, a competição do Laço Comprido chega à 12ª edição e será realizada nos dias 3 a 6 de agosto, em Campo Grande (MS). De acordo com o Departamento de Esportes da ABQM, o Potro do Futuro e Campeonato Nacional de Laço Comprido devem receber mais de 350 inscrições, cerca de 100 atletas e aproximadamente 150 animais da raça. As provas começam sempre às 7h, no Parque do Peão/CLC, na rodovia MS-010. Bandas locais se apresentam após as disputas. A entrada é franca.