O desempenho do cavalo atleta depende de um conjunto de fatores, como por exemplo, a genética do animal favorável a competições, manejo nutricional adequado, treinamento eficaz, e, principalmente, o monitoramento de sua performance.

Através deste controle, é possível ao treinador e a equipe responsável se inteirar sobre as condições de evolução do animal, de modo que sejam traçados novos planejamentos em cima destes resultados.

Competir com um animal que não esteja plenamente capacitado, pode colocar em risco a saúde do mesmo e a imagem de quem o treinou.

Por isso é cada vez mais comum que os proprietários e treinadores destes animais busquem como aliado informações sobre fisiologia do exercício, bem como os melhores métodos de treinamento e equipamentos, de modo a extrair, com segurança, o máximo do potencial do animal.

Além de aumentar a capacidade do animal como um todo, um programa eficaz de treinamento, realizado de acordo com determinada atividade física, pode ainda evitar lesões e outros problemas.